©2018 by humanitics. Proudly created with Wix.com

É PRECISO ACEITAR QUANDO UMA ETAPA DA VIDA TERMINA!

August 18, 2018

 

Eu entendi isso não apenas no dia que fui desligada, mas quando tive consciência que a minha insistência em permanecer ali poderia me fazer perder a alegria e o sentido de viver, porque eu já não acreditava mais!

 

E por mais que seja difícil aceitar o fim de algo, é necessário deixar que alguns ciclos se encerrem, para que outros se abram. E o importante, seguir em frente!

 

Ultimamente ouvi bastante o discurso sobre protagonismo, o que me deu clareza para entender que quanto mais me conheço, mais me torno protagonista da minha história. Porque todos os dias posso me tornar quem já sou, quem eu quero ser e quem eu sonho ser!

 

Sou grata a todos esses 10 anos de história e à vida que me foi proporcionada. Grata aos que passaram pelo meu caminho, aos amigos que ficaram, aos que se foram, àqueles que me ensinaram através dos bons e dos maus exemplos, àqueles que me deram oportunidades e aos que tiraram também, aos momentos de alegria e aos de tristeza. Enfim, sem toda essa experiência, e mais ainda, sem todo o caos dos últimos anos, não existiria o despertar para a mudança.

 

Aprendi na experiência que coragem, auto responsabilidade e autocontrole são práticas que conectam mente e corpo. Senti emoções diárias somatizadas ao meu corpo (esforço emocional reflete no corpo... e as vezes a dor é física), me deparei com sentimentos complexos jamais sentidos (o indescritível misto de alívio, alegria, saudade, preocupação e ansiedade) e reconheci no sorriso dos meus filhos o pedido de presença da mãe que estava perdida. Também aprendi que coragem é agir pelo coração!

 

Aos que pararam para ler, tenham em mente: a alegria é a coisa mais séria que existe! E eu precisava resgatar essa espontaneidade em mim.

 

Enfim, eu não sei como será essa nova jornada, mas sei que estou no caminho certo, no caminho do coração! Porque existe sempre uma nova possibilidade, uma nova rota e certamente o merecimento de viver a vida que se quer ser vivida!

 

''Se não traz alegria para sua vida… Solte!

Se não reconhece suas qualidades… Solte!

Se simplesmente o faz sofrer…Solte!

Liberte-se…a perda será muito menos dolorosa do que a dor de apegar-se “ao que já foi e não é mais”.'

 

 

(Selfie de abril, onde reconheci que não fazia mais parte, representa melhor a imagem deste término)

 

 

Please reload

Our Recent Posts

April 17, 2019

November 22, 2018

Please reload

Archive

Please reload

Tags

Please reload